TESTEMUNHO LINDO


TESTEMUNHO LINDO : Havia um irmão que começou a namorar uma moça que também era muito crente e quando foram buscar confirmação para o seu casamento na palavra de Deus, o Senhor falou assim: “Faz o que queres que eu estarei contigo dentro da tua casa, e na tua vida de casado só vai haver alegrias, nunca momentos de tristeza…”. E assim foi, marcaram o casamento e Deus muito os abençoou, e com um ano de casado, ele estava no serviço dele e recebeu um recado do seu chefe que era para ele ir correndo para casa que a sua esposa estava muito doente, ela era muito nova e ele também, então não entendeu o motivo dela estar passando mal, chegando em casa só encontrou um bilhete da sua mãe dizendo que não puderam esperar por ele, que ela estava muito mal e teve que ser levada à pressa para o Hospital. Então ele se dirigiu para o hospital e chegando lá ele se identificou como esposo e deixaram ele entrar, na sala de espera estavam os pais dele e uma irmã da obra da piedade. A certa altura de uma sala saiu um médico com um semblante baixo e perguntou quem eram os responsáveis pela moça, e chamaram o rapaz e os pais dele e disse que todo recurso existente na ciência tinha sido utilizado nela e que mesmo assim não tinham conseguido salvá-la que ela havia falecido.O irmão começou a chorar, caiu de joelhos na frente do médico, cobriu o rosto com as mãos e começou a cobrar ao Senhor, das promessas que Deus tinha feito na vida dele…e o médico achou que ele estava passando mal e chamou uma enfermeira para aplicar um sedativo, e os pais dele não deixaram, falaram que ele não estava doente, só estava depositando os créditos dele com Deus nosso pai. Ele levantou e falou para o médico “Doutor, eu sirvo a Deus na Congregação Cristã no Brasil, e antes do meu casamento Deus fez uma promessa que na minha vida não teria tristeza, e por isso eu não acredito que minha esposa esteja morta eu quero vê-la”. O médico falou que seria impossível pois ela já teria ido para a sala de autópsia, e ele saiu correndo da sala e disse que iria vê-la, os pais dele o seguraram pelo braço e falaram para o médico deixá-lo vê-la, que ficariam responsáveis pelo que acontecesse, e assim foi feito. Chegaram em uma sala gelada, o corpo estava em cima de uma cama coberto com um lençol, o moço perguntou se podia descobrir o rosto dela, e o médico disse que sim, ele virou-se para a mãe e para a irmã que estavam juntos e pediu que colocassem o véu na cabeça e pediu um véu para pôr na esposa dele pois iria orar, o médico e a enfermeira assistiam a tudo isso, depois ele encostou o rosto no rosto da sua querida esposa e começou a cantar o hino 384: : “O meu socorro vem do Senhor, que é do universo o Criador; tudo se move por Seu poder, sempre por Ele hei de vencer…”. Quando ele foi começar a cantar o coro, a sua esposa abriu os olhos sentou-se à mesa e começou a cantar junto com ele: “Não dorme o Guarda de Israel, nem tosqueneja, Ele é fiel; não deixará teu pé vacilar nas lutas que tens de enfrentar”. O médico e a enfermeira hoje são nossos irmãos… Glória ao nome Santo do Senhor!! 
Testemunho do nosso irmão Sebastião.
TAG