LEIAM ESSE TESTEMUNHO ATÉ O FINAL...


Um casal de macumbeiros tinha uma filha paralítica na cadeira de rodas, eles eram famosos pelos trabalhos que faziam. Então certo dia foi chamado para fazer um trabalho em outra cidade, mas não tinha com quem deixar a filha, então pediram a um vizinho e este disse: eu não posso, mas tem nossa vizinha da esquina que é crente, e crente não nega nada pra ninguém, pede a ela, assim o casal fez.
Passou na casa da irmã Maria, uma mulher muita amorosa, deixou a filha com a serva de Deus e foi para outra cidade. A irmã Maria, tinha um filho da mesma idade da menina, todo dia ele brincava de cultinho com os filhos de outros irmãos.
Nesse dia o menino tomado pelo Espirito Santo, apontou para a menina na cadeira de rodas e falou, levanta e anda, a menina se levantou e saiu andando. Ao retornar, o casal ao ver a filha liberta, ficaram sem reações, se converteu, foram batizados e passaram a servir a Deus na Congregação Cristã no Brasil.
Mas esta família foi embora para outra cidade, a menina cresceu e se tornou organista. Aos 21 anos ela pediu a Deus um esposo, foi buscar a Palavra e Deus disse: Você me pediu um esposo, a sua história já tracei faz muito tempo, aquele que te saudar de "Rosa de Saron", este será teu esposo.
Então ela guardou a Palavra e esperou, certo dia após o culto, um moço a saúda: A paz de Deus Rosa de Saron, ela entendeu então que ele seria o seu esposo, e o convidou para ir a sua casa, chegando lá, sentados no sofá, o moço viu no quarto uma cadeira de rodas e perguntou se alguém era cadeirante. Ela disse que não, mas guardava como lembrança do milagre que Deus havia feito em sua vida, e contou a obra. O moço começou a chorar, ela não entendendo perguntou o que estava acontecendo. Ele pediu para lhe dar um abraço e disse: Sou aquele menino que há 12 anos, Deus usou para te libertar. Deus me prometeu que você seria minha esposa, mas você sumiu, Glória a Deus, aleluia.
Este casal contou esse testemunho em suas despedidas na reunião de mocidade em Piracicaba!

TAG